"Para não fazeres ofensas e teres dias felizes, não digas tudo o que pensas, mas pensa tudo o que dizes." Antonio Aleixo

Free Web Counter
Sexta-feira, 22 de Outubro de 2004

PARA NUNCA ESQUECER!!!

estudantes.jpg


Uma das qualidades mais prodigiosas da nossa memória é a de poder gravar todos os sentimentos e vivências da vida humana.
Os momentos mais interessantes e delicados da nossa existência.
Se desejamos que seja perfeita a impressão das coisas na nossa memória, temos que requerer algumas condições que enumero(não todas).
Em primeiro lugar, a disposição da pessoa que recorda. Há de facto pessoas que dispõe de boa memória, porque têm a sua faculdade memorativa muito sensível. Se bem que esta disposição possa aumentar ou diminuir com o bem uso que dela se costuma fazer.
Mas para a boa gravação, também há que contar com o carácter de quem a exercita. É evidente que para isto, impõe-se esforço mental e grau de atenção que como é óbvio supõe trabalho.
Como já uso de alguma idade e não sou muito levado a lamechices, e entendo que um blog deve falar de coisas sérias, para falar de coisas banais, há o mensageiro ou os chat’s, quero dizer-vos que vi nascer o 25 de Abril, o mesmo é dizer que vi e vivi o antes do 25 de Abril de 1974, e convenhamos que depois de tudo isto, não ia desprezar o que a minha memória gravou nesta minha vivência.
Importa fixarmo-nos nos pormenores que são escritos nos blogs, e isto, para não repetirmos insistentemente numa coisa. É que por vezes procuramos ler e não acompanhamos os pormenores da leitura, e então, são necessários bonecos para nos obrigar a fixar dados e reflectirmos em datas, por isso deixo-vos a imagem de uma carga policial sobre indefesos estudantes perante os meios repressivos apresentados (por isto digo indefesos). Para vos dizer que pensei, de facto, não ver mais isto no meu País de ABRIL.
publicado por Solidário às 22:44
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Anónimo a 26 de Outubro de 2004 às 21:01
Li o seu artigo que bastante me agradou pela forma como diz e explica, aproveitando a sugestão do António à cerca do forum, acho que seria interssante que tal viesse à acontecer, pois tornar-se-ia uma forma de podermos discutir em conjunto o que escreve e o que é comentado. Aproximar-nos-ia de vários conceitos e dai quem sabe tirarmos proveito esclarecedor e até organizarmos um encontro jantar a fim de nos conhecermos e discutirmos com maior pertinência ainda o valor que tanto defende e com o qual estou de acordo, A LIBERDADE. Sampaio dir-nos-á se concorda ou não. Um abraço de solidariedade.Alexandra
(http://vozdaliberdade.blogs.sapo.pt)
(mailto:alexandra@sapo.pt)


De Anónimo a 26 de Outubro de 2004 às 16:12
Sinto que este canto é um canto aonde se discute matéria pertinente, dando de beber aos sedentos de novos horizontes, penso que seria interessante transformar estes comentários em forum, onde todos dialogamos e esclarecemos dúvidas em conjunto, lançando para a discussão os mais diversos temas tendo em conta a matéria apresentada no artigo. Em relação a este artigo, penso que ele é bastante explicito, só não entende quem não quer. Mas é bom que se comece a colocar a mão na consciência e pensar o que é que eu ainda não fiz que possa eventualmente ajudar a que este País mude, embora não sejamos um País de terceiro mundo corremos sérios risco de ter essa mentalidade. Obrigado Santos Sampaio, é com muito prazer que leio os seus artigos, alimentam a minha alma. Um Abraço.antonio
</a>
(mailto:antonio@sapo.pt)


De Anónimo a 25 de Outubro de 2004 às 16:57
Realmente, uma das características que se generalizou nos Portugueses, é a de memória Curta, o importante é o presente, "o que lá vai, lá vai". Quando alguém toma uma decisão deve ter um conta o Passado, o Presente e pensar na construção do futuro. No entanto, temos um País em que as pessoas se endividam para passar férias, o trafégo automóvel e a nível de Retaurantes atinge o seu auge no Inicio do mês.
Penso que isto diz tudo, e a lamechice é mais que muita, infelizmente, os nossos politicos, a televisão, as revistas cor de rosa não são mais que o reflexo do nosso País. Todos sabem que a fulana tal casou com o não sei quantas e fez isto e aquilo..Questiona-se "Então sabe quem é o Dr. Santana Lopes", Resposta "Há é aquele que viveu com a Cinha Jardim e têm meia dúzia de filhos..."
É o País que Temos!!!!Bernardo
</a>
(mailto:bernardo@portugal.pt)


De Anónimo a 24 de Outubro de 2004 às 19:59
Apenas mais uma frase.... CONTINUE, NÂO MUDE...anibal_cunha
</a>
(mailto:anibal@sapo.pt)


De Anónimo a 24 de Outubro de 2004 às 19:58
Caro Santos Sampaio, tenho passado por aqui para ver os seus artigos, pertinentes como sempre, mas este não poderia deixar de comentar. Fico estupefacto pela maneira como define o que de facto é um blog, alias perante o que têm escrito, já tinha tido consciência dessa sua forma de pensar, é lamentável que tenha que pôr os tais bonecos, para que as pessoas se apercebam do que escreve, comentando com um grupo de amigos, a nossa observação foi que afinal você é mesmo um defensor da LIBERDADE. E notei que fez uma observação que achei de uma lucidez inteligente onde diz que considera os meios da Policia repressivos relativamente aos estudantes, na medida em que os mesmos estavam completamente desarmados, sendo a sua voz a sua arma. O que mostra que o seu comentário é lúcido e não é faccioso.anibal_cunha
</a>
(mailto:anibal@sapo.pt)


De Anónimo a 24 de Outubro de 2004 às 16:43
Na minha perspectiva, usamos muitas vezes os lapsos de memória por conveniência própria ou para esconder a falta de valores que nos invade neste momento. Também a quantidade de violência gratuita que passa na televisão não ajuda muito. Quando assistimos diariamente nos telejornais, pessoas a implorar pela vida e ninguém faz nada, é mais fácil culpar quem mata do que quem assiste e nada faz...porque nada podemos fazer, correcto?
Sabemos que o País está à beira do colapso...mas...que posso eu fazer? Santos Sampaio, gostei muito do texto e da mensagem que tentou passar, demonstra a sua capacidade de análise e inteligência ao conseguir tirar o trigo do joio...k
</a>
(mailto:ss@ss.pt)


De Anónimo a 23 de Outubro de 2004 às 21:12
Lamentável... é a única palavra que me ocorre...crying_angel
(http://olhardecumplicidade.blogs.sapo.pt)
(mailto:vsgf@sapo.pt)


Comentar post

blogs SAPO

.subscrever feeds