"Para não fazeres ofensas e teres dias felizes, não digas tudo o que pensas, mas pensa tudo o que dizes." Antonio Aleixo

Free Web Counter
Domingo, 1 de Janeiro de 2006

AS MENTIRAS DE CAVACO SILVA - 1ª PARTE

mcv.JPG


No nosso sistema politico, tal como resulta da Constituição, especialmente desde a revisão constitucional de 1982, o Presidente não compartilha da função governamental, que pertence exclusivamente ao Primeiro-Ministro e ao seu Governo, com base na sua maioria parlamentar.
Das duas eleições, as parlamentares e as presidenciais, são as primeiras que servem para acolher os governos e as politicas. As eleições presidenciais não servem para substituir o governo nem para alterar ou sequer rever as politicas do executivo em funções.
Os tão propagados poderes positivos que Cavaco Silva anuncia, não passam do poder genérico de sugestão ou de aconselhamento sem nenhuma natureza vinculativa ou impositiva, não podendo adiantar soluções concretas, pois os poderes presidenciais não incluem uma faculdade de definição de governo.
A ideia de o Presidente fazer sugestões de legislação, como propõe Cavaco Silva, é totalmente descabida e até abusiva, e pura farsa para os menos esclarecidos, em suma é uma MENTIRA.
A função legislativa não cabe ao Presidente.
Ele pode vetar leis, mas não pode faze-las, nem propo-las nem sequer recomendar ou sugerir concretas propostas de lei.
Logo assim Cavaco Silva MENTE.

publicado por Solidário às 12:01
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Anónimo a 17 de Janeiro de 2006 às 10:21
obrigado grande Amigo e Camarada MENOUV, pela tua presença neste nosso canto e pela mensagem que nos deixas de confiança e esperança maior. Só quem não quis, ver a nossa grande força numa tarde jámais inesquecível em que todos gritavam por LIBERDADE.se até aqui aquele era o Pavilhão Atlântico, bem se pode dizer sem medo que passou a ser um espaço, onde se grita que (fascismo nunca mais)é isto que perturba e incomoda os detractores da verdade de ABRIL.Pouco nos perturba porque ABRIL VENCERÁ.RECEBE CAMARADA AMIGO UM ABRAÇO DE MUITA AMIZADE. Santos Sampaio
</a>
(mailto:vozdaliberdade@sapo.pt)


De Anónimo a 16 de Janeiro de 2006 às 22:26
Olá camarada Sampaio! O "nosso", não o "outro" que em alturas de aperto não teve tomates para aguentar esta nação que amamos. Finalmente encontrei o teu blog... permite-me que te trate por tu. Conheci-te na Festa do Avante de 2004, na Leitaria de Palhais e desde então fiquei fascinado pela tua vivacidade, energia e entrega aos ideais de Abril. Relativamente ao artigo que aqui fazes: não ligues às sondagens (se é q isso alguma vez te incomodou), pois como sabes, (ainda melhor se também foste um, tal como eu e o teu amigo, dos vinte e tal mil que estiveram no Pavilhão Atlantico) sondagens são para quem as encomenda. É obvio que os poderes do presidente da Republica estão "limitados" ao que dizes. O presidente não pode legislar. POde sim opinar, intervir com a sua palavra e só em casos extremos dissolver a Assembleia da Republica. Mas isso já tu sabes. Seja como fôr aproveito ainda este comentário para te felicitar pela tua alegria e confiança contagiante. Com força e confiança...menouv
(http://caminhoscruzados.blogs.sapo.pt)
(mailto:siulcosta@hotmail.com)


De Anónimo a 7 de Janeiro de 2006 às 15:13
pois eu penso que o que escreveste é básico e tão mentira como a que querem imputar a Caváco. Não percebi nadinha do que é para ti uma constituição mas se pensas que é uma lei que impede um presidente de fazer o que quer que seja estas enganado... mais, assim nem valia a pena ter presidente, principalmente um que nem sequer usasse o poder de veto. creio aliás que o nosso sistema político deveria de algum modo criar uma situação que eliminasse o total poder do primeiro ministro... faz lembrar uma ditadura... ele quer, ele pode, ele manda. e se estiver a fazer só asneiras? pago 900 eurs de propinas meu, quando acabar o curso junto-me aos 40.000 licenciados desempregados, os impostos levam-me o dinheiro todo e nem sequer preciso de um aeroporto feito num lugar pessimo ou um tgv regional. a saúde tá uma miséria (alguma vez foste ao hospital de s. joaão? alguma vez tiveste um problema de justiça? queres um homem a decidir tudo sem que ninguem o possa chamar à razão? por acaso já te interrogaste sobre o sistema de tomada de decisão de um primeiro ministro? deve ser muito dificel voltar atrás com uma decisão tomada, não? por acaso nunca te interrogaste sobre se o lugar para o novo aeroporto será o indicado? queres dados? só comporta duas pistas sem qualquer possiblidade de upgrade... já não se fazem aeroportos de duas pistas sem que no futuro eles comportem a possiblidade de ampliação. queres outra? os terrenos estão sujeitos ás inundações do val do tejo e os custos para evitar a possiblidade de parte dakeles terrenos ficarem submersos são imensos. queres outra? aquele lugar sofre imenso com fortes nevoeiros, e ventos cruzados... sabias que ali os aviões só podem aterrar usando uma única direção por causa das elevações montanhosas que o rodeiam? mas a decisão foi tomada. o projecto proposto dentro do quadro comutitário IV e lá tinha que estar algum projecto e não havia outro. Também e dentro da ótica do mesmo quadro havia que aproveitar os empréstimos do BEI destinado a fundos estruturais de outro modo só daqui a seis anos é que se poderia propor de novo um outro projecto, baseado em estudos que tomassem em conta todas as limitações práticas e técnicas de operacionalidade que a localização da OTA comporta. Conclusão: para ser o homem a decidir, para colher os beneficios a curto prazo já não´existe volta a dar. daqui a 20 anos tens um barraco no fundo do quintal. Achas que o homem tem capacidade para decidir contra uma coisa que havia decidido antes? pois é disso que se trata. Mesmo que o homem saiba que está a decidir mal ele vai sempre manter a sua posição... e ele decidiu mal, toda a gente sabe... mas a vida de um lider é assim. alguem tem que acordar o homem e dizer-lhe que mais val pensar melhor que agir errado ou seja criar uma situação em que numa situação destas exista a possiblidade de retorno, que caír numa situação em que não haja essa possiblidade de retorno mesmo perante uma má decisão.

um forte abraço e parabens por te preocupares com estas quetões... continua ruizocas
(http://bloguesfera.blogs.sapo.pt/)
(mailto:ruizocas@hotmail.com)


De Anónimo a 7 de Janeiro de 2006 às 14:28
GRANDE AMIGO,EM PRIMEIRO QUERO SOLIDARIZAR-ME CONTIGO, POIS TAMBÉM TIVE OPTURNIDADE DE LER O COMENTÁRIO DESSE SRºQUE SE IDENTIFICOU POR HUGO,MAS QUE PERANTE AS ATUARDAS POUCO VERDADEIRAS NÃO TEVE CORAGEM DE DEIXAR,O CONTACTO PARA MUITOS LHE RESPONDERMOS. AS SUAS CONFUSÕES FORAM DEMONSTRATIVAS DE ÓDIO, PRIMEIRO FELICITAVA O BLOG, DEPOIS O CONTEÚDO DO MESMO,DEPOIS QUE ERA PRECISO DERROTAR A DIREITA,MAS COITADO A MÁSCARA CAIU-LHE, COM TUDO O RESTO QUE DISSE,POSSÍVELMENTE É ALGUN DOS INFILTRADOS OU RENOVADORES,POIS UM DEFENSOR DE UMA IDEIA DE ESQUERDA JÁMAIS USARIA TAL LINGUAGEM, OU SERIA UM DELATOR, DANDO ASSIM TRUNFOS AOS DE DIREITA QUE AQUI NOS VISITAM NESTE NOSSO ESPAÇO.EU E A CRISTINA E VÁRIOS AMIGOS JÁ TE MANDÁMOS VÁRIOS MAILS, COMO NÃO RESPONDES-TE A NENHUNS, ESPEREMOS QUE NADA DISTO TE TENHA AFECTADO,E ESTAMOS ACOMBINAR UM ALMOÇO PARA O DIA DO PAVILHÃO ATLANTICO,QUE ESPEREMOS QUE NÃO FALTES,JÁ SOMOS MUITOS QUE TE QUEREMOS ABRAÇAR,E DIZER-TE,FORÇA AMIGO 25 DE ABRIL SEMPRE(obs:desculpa o tamanho da letra ,mas é para esse srº, se voltar não necessitar de óculos) Carlos Oliveira
</a>
(mailto:coliv@sapo.pt)


De Anónimo a 6 de Janeiro de 2006 às 05:09
Deixem-me contar um comentário prosaico.Pensei que no nosso tempo, civilizadíssimo, que promove consensos e assepsias, os conceitos eram redondos, inimizades sem esquinas e inimigos sem ódio.Sabia que tinha competidores e adversários, ou seja sujeitos simpáticos que querem o mesmo que nós.Como o comentador fazia a apologia da DIREITA, E RECEBI ALGUNS MAIL,E como VOZ Da LIBERDADE NÃO PESSOALIZA, RETIREI O MESMO SÓ POR SÊR OFENSIVO AOS VALORES QUE DEFENDO.Diáfanos,de pesados mantos de subjectividade, que envolvem indescriminadamente, os que dizem amar,mas não satisfeitos tentam conquistar a derrota dos que lhe são menos apetecidos.Mas quero dizer a esse Srº comentador que mais importante que a verdade, é o caminho que se segue para lá chegar.A voçês amigas Solidárias eu meu maior obrigado,pelo o Mail de amizade.VOZ DA LIBERDADE
</a>
(mailto:vpzdaliberdade@sapo.pt)


Comentar post

blogs SAPO

.subscrever feeds