"Para não fazeres ofensas e teres dias felizes, não digas tudo o que pensas, mas pensa tudo o que dizes." Antonio Aleixo

Free Web Counter
Segunda-feira, 18 de Outubro de 2004

DIREITO HÁ INDIGNAÇÃO!!!

ZE_POVINHOS_FLAG.jpg


Os Portugueses começam a estar INDIGNADOS, os factos de des-governação já são muitos, a arrogância e prepotência, já são sentidas, e as ameaças à comunicação social começam a ser demais.
Quando vejo um Alberto João Jardim perpetuando-se no Governo da Madeira e com ar de triunfador e fascizante, ameaçar uma Jornalista, e a chamar TONTOS (sinónimo de parvos ou doidos) a todo um povo que com os seus impostos sustentam o arquipélago da MADEIRA fico INDIGNADO, é que não nos esqueçamos! Que sempre que o mesmo grita, lá vão mais uns milhões para a Madeira, a isto dou um nome (cuspir no prato onde se come). Entendo que é altura de não brincar com coisas sérias.
Todos os Portugueses sentem este Governo como ILEGITÍMO, e podem pronunciarem-se os mais Doutos Constitucionalistas a favor da continuidade e da legitimidade do mesmo, que não me conseguem demover, nem tirar o direito há indignação.
Quando revejo a história e posso constatar que Hitler se apossou da Alemanha com todas as regras Democráticas em funcionamento e que em 6 meses Implantou uma das mais sanguinárias Ditaduras do Século. Fico olhando para um vazio num povo humilhado pelo logro em que caiu quando cumpriu um direito cívico. Votando, só que, em discursos de falsas promessas.
O País não aguenta mais Teatro, o Presidente da República não se pode calar e como também faço parte dos Zés, resta-me levantar a minha Bandeira que passa a ser negra. Porque neste momento começo a sentir que o meu País está a ficar de Luto e eu Tenho o direito há INDIGNAÇÃO.

publicado por Solidário às 21:39
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Anónimo a 19 de Outubro de 2004 às 18:32
"O ministro da Presidência, Nuno Morais Sarmento, defendeu hoje que deve ser o Governo a definir o modelo de programação da RTP, porque é o Executivo que responde pelas decisões praticadas na televisão pública", no site do Jornal o Público. Penso que esta noticia vem reforçar aquilo que explicitou no seu artigo. Estamos a caminhar a passos largos para uma "ditadura". Espero que o Senhor Presidente da República faça alguma coisa para acabar com isto. Estão a tentar matar a Democracia neste País, não podemos assistir a isto de braços cruzados. O seu artigo demonstra o poder de visão que tem relativamente às consequências de todos estes comportamentos que parecem o LOBO a falar com o CORDEIRO. Precisamos de mais pessoas com a sua pertinência e descernimento e que usem a inteligência a favor da DEMOCRACIA. Obrigado.K
</a>
(mailto:ss@ss.pt)


De Anónimo a 19 de Outubro de 2004 às 13:50
O mal do ser humano é sentir-se superior por muito pouco, não só pelos actos mas sim por coisas minímas, ou seja não pensam que o brilho não está em mandar fazer mas sim em ver que se fez algo sem mandar." São as palavras mais silênciosas as que provocam as maiores tempestades. Os pensamentos que vêm como chinelos de lã são os que governam o mundo", mas o ser humano torna-se irracional quando tem algum poder e isso limita-o, por isso estamos como estamos, os nossos governantes andam, parece-me, limitados. Não é o grito de vitória do governante que deveria dar alento, mas sim a manga deste arregassada..Margarida
</a>
(mailto:formiga760@hotmail.com)


De Anónimo a 19 de Outubro de 2004 às 12:59
Agradeço a sua visita a este canto, gostaria de lhe dizer que por haver indignação é que digo "DIREITO HÁ INDIGNAÇÃO"...afinal há é segundo o dicionário é a "3ª p. do sing. do pres.do indic. do verbo haver". Volte sempre porque aqui discute-se tudo o que é pertinente, incluindo Gramática e a Lingua Portuguesa. Obrigado
Santossampaio
</a>
(mailto:vozdaliberdade@sapo.pt)


De Anónimo a 18 de Outubro de 2004 às 23:43
Direito à indignação! sem «h»Nor
(http://nadaesperes.blogs.sapo.pt/)
(mailto:norbogue@sapo.pt\)


De Anónimo a 18 de Outubro de 2004 às 22:44
Olá de Novo! Passei por aqui e fiquei supreendido com as novas actualizações, fica aqui a promessa de um mail para dar o meu grito também na vozdaliberdade. Deixe-me felicitá-lo pela criação de o mail, que penso ser de utilidade, embora reconheça o trabalho que envolve. É demonstrativo da sua preocupação por aqueles que não podem Gritar. Deixe-me também felicitá-lo por este artigo que é o reflexo da sua lucidez e pertinência, ao explicitar aonde nos irão levar estes comportamentos arrogantes. Pode ser o início de uma nova Ditadura, como bem diz à cerca de Hitler. Como tenho algum interesse no estudo de comportamentos, verifiquei ontem que na peça de Teatro designada "Quinta...", de um canal que todos conhecem foi clara a ideia fascista que se tentou passar, sabendo nós que o dito canal é o mesmo que reclama Liberdade de expressão para Marcelo Rebelo de Sousa, no entanto as audiências falam mais alto. Pois, motivo de censura deveriam ser as mensagens, claras, a meu ver, de fascismo, ou ainda pior, de monarquização, que por aquele programa passaram. É bom passar neste canto (como lhe chama), o que denota a sua humildade, e saber que está atento ao atentado à democracia que neste momento é real. Na semana passada houve uma manisfestação da Administração pública, pacifica, em que fui proibido de ir ao café pelos agentes da PSP (cumpridores de ordens superiores), por os manisfestantes irem passar ao lado do lugar onde estava a trabalhar. O mais engraçado é que se fosse manisfestante poderia passar. O que é que isto quer dizer Santos Sampaio? Você que é um homem que disserta, e bem, sobre comportamentos, o que me espera como cidadão cumpridor neste País em que a PSP parece a nova P.I.D.E, quando orientada para tal. Gostaria que me respondesse ao meu comentário, gostaria de saber a sua opinião perante tais acontecimentos. Felicito-O E um BEM HAJA para SI, Santos Sampaio.Bernardo
</a>
(mailto:bernardo@portugal.pt)


Comentar post

blogs SAPO

.subscrever feeds